Você está aqui: Home » Sobre Eleni Vosniadou
Sobre Eleni Vosniadou 2017-08-30T08:46:45+00:00

Quem é Eleni Vosniadou?

A minha história

Comecei a tocar percussão pequena, e logo fiquei fascinada pela riqueza infinita dos instrumentos de percussão. Atraída pelo mundo mágico da orquestra, entrei no mundo competitivo da música clássica, e no processo da aprendizagem me forcei demais. Comecei a reclamar de dores nos dois braços, depois de muito procurar por tratamentos seria diagnosticada com cotovelo de tenista e de golfista (epicondilite). Com 21 anos, já percussionista profissional, não conseguia fazer audições para obter emprego, nem conseguia graduar por causa da minha tendinite. Neste ponto tinha tentado todos os tratamentos disponíveis sem sucesso e o único jeito de não doer era não tocar, uma opção que não fazia sentido.

Foi neste clima de desespero e pensando em abandonar a música, que encontrei a Técnica Alexander. Na minha primeira aula não entendia nada do que estava acontecendo e fiquei bastante desconfiada. Não conseguia colocar este trabalho em nenhuma categoria que conhecia. Não era massagem, não era trabalho de energia, mas também nada perto de ergonomia. Mas de um jeito bem inesperado, no fim da aula eu fiquei com uma sensação completamente nova de estar dentro do meu próprio corpo, uma sensação leve, quase flutuante. Como essa sensação foi muito prazerosa, decidi voltar para minha segunda aula, e essa foi até mais estranha do que a primeira. Cheguei, dessa vez menos ansiosa em entender tudo, e logo, comecei a chorar, um choro que durou a aula inteira! Foi uma combinação de tristeza, pensando ‘meu deus, o que eu tenho feito comigo todos estes anos!’, mas mais forte do que isso foi um grande alívio. Depois de aproximadamente sete anos de tristeza profunda com este processo de dor incurável, pela primeira vez fez sentido porque a minha tendinite não ia embora.

Seguiu um processo de auto-estudo que me deu resultados inimagináveis. Comecei a praticar o instrumento do começo, dessa vez praticando a Técnica Alexander ao mesmo tempo. Eu só podia tocar cinco a dez minutos antes da dor começar neste ponto. No período de dois anos consegui chegar a tocar sem restrição nenhuma. Foi uma grande novidade na minha vida, escolher quantas horas eu ia praticar e não ter que parar por causa da dor. O último período do meu tempo de auto-estudo, foi a minha preparação para finalmente conseguir me graduar em percussão oficialmente. Neste processo, foi necessário passar nove meses tocando numa media de 8-10 horas por dia e a minha tendinite não voltou.

Mas o resultado que foi até mais impressionante… uma mudança radical na minha autoimagem, e subsequentemente na minha autoestima. De uma pessoa que sempre sentiu descoordenada e não talentosa, comecei a me ver como uma pessoa com um potencial ilimitado. E como ainda não cheguei a ver o limite, o processo continua firme e forte!

Desde o começo da minha relação com a Técnica Alexander, foi claro que me apaixonei totalmente pelo processo. Depois de terminar os meus estudos musicais na Grécia, decidi mudar para Londres e fazer o curso de formação para professores da Técnica Alexander, com três anos de duração. Passei um tempo estudando a Técnica e ao mesmo tempo continuando com a percussão no Trinity College of Music, mas depois de um tempo de grande correria, decidi desistir da minha carreira como percussionista para me aprofundar no estudo da Técnica Alexander.

––

Eleni Vosniadou é percussionista e professora da Técnica Alexander. Formada em percussão clássica, começou a se interessar pela consciência corporal buscando tratar uma tendinite crônica, obstáculo persistente no caminho de sua carreira professional. Em 2006, começa a estudar a Técnica Alexander na Internationale Sommerakademie Mozarteum (Salzburg, Austria), e passa os próximos anos aprofundando o seu conhecimento na Alemanha, Suiça e Inglaterra. Completou o curso pós-graduação de três anos para formação de professores de Técnica Alexander no London Centre for Alexander Technique and Training, seguido por um curso complementar em Anatomia, Fisiologia e Patologia em Londres, UK. Em 2012, ensina a Técnica Alexander no Royal College of Music e Arts Educational London Schools em Londres.

Atualmente, vem desenvolvendo o curso Consciência Corporal Para Músicos, específico para instrumentistas e cantores que enfrentam dor ou que querem aperfeiçoar sua relação com o instrumento ou com a voz. No Brasil, está frequentemente convidada para oferecer serie de capacitações para o corpo docente da EMESP – Escola Estadual de São Paulo, e do projeto Guri Santa Marcelina, projeto do governo de estado de São Paulo. Em 2014 apresenta o impacto da aplicação da Técnica Alexander na educação musical no 31º Congresso Mundial da Educação Musical da ISME (Sociedade Internacional da Educação Musical) em Porto Alegre. Palestras e oficinas de Consciência Corporal Para Músicos em vários espaços e instituições de musica, incluindo FASM – Faculdade Santa Marcelina, UNESP – Universidade Estadual Paulista, FAMOSP – Faculdade Mozarteum de São Paulo, Instituito Baccarelli, Centro de Pesquisa e Formação SESC, entre outros. Em 2016 Eleni recebeu convite para fazer parte do corpo docente Internationale Sommerakademie Mozarteum em Salzburg, Austria.

SOLICITE AGORA SEU CURSO GRATUITO

RELAXAMENTO DINÂMICO EM 3 PASSOS

Nós também detestamos SPAM! Seus dados nunca serão compartilhados.

Eleni Vosniadou
“Numa frase só, a Técnica Alexander para mim é a arte de aprender a respeitar a nossa estrutura, abrindo assim o caminho de acesso para o nosso potencial.”

– Eleni Vosniadou, Professora de Técnica Alexander e criadora do curso Consciência Corporal para Músicos