campo de atenção fechado

‘Meu ombro fica tenso quando eu toco…’  Essa é uma das reclamações mais recorrentes entre músicos. Vamos supor que a tensão muscular excessiva que vivenciamos é resultado direto de falta de apoio corporal. Como escrevi no texto ‘O que nos move?’, a tensão excessiva não aparece do nada – existe um processo mental que a precede.

GRAVIDADE DESPERTA! ou ‘Os Dois Canais de Apoio’

Vamos observar de perto os dois principais canais de apoio que existem em qualquer posição, atividade ou movimento:

1) GRAVIDADE

A mais nítida fonte de apoio é a nossa relação com a gravidade do planeta terra! Se eu não permitir que o meu sistema seja completamente apoiado pela gravidade, significa que preciso colocar um esforço constante – esforço MUSCULAR constante -contra gravidade. Repare no exemplo da foto.

Você percebe como o motorista está lutando contra a gravidade? Ele está esforçando a musculatura do pescoço puxando a sua cabeça para frente, e fora do apoio nos ísquios. Essa cabeça pesa 5 a 7 quilos. No momento em que eu interfiro com o apoio através da gravidade, eu tenho que carregar esses 5 a 7 quilos com esforço muscular!

[Importante: este post definitivamente NÃO é sobre não ficar nervoso! NÃO é sobre restringir as minhas reações instintivas. Simplesmente é sobre como me tornar “atento” do que realmente está acontecendo a cada momento, assim posso fazer uma escolha; quero, além de ficar preso no trânsito, carregar 5 a 7 quilos ao mesmo tempo?]

2) PRESENÇA  ou ESTAR ‘DESPERTO’ 

Você já tentou dormir em pé, sobre os seus dois pés? Não funciona muito bem, né? Quando estou estudando o meu instrumento – especialmente estudando a minha técnica – facilmente os meus olhos estão abertos, mas eu não estou olhando, as vezes os meus olhos ficam olhando para o chão sem razão, e neste momento alguma coisa em mim desligou. Chame como queira: ficar viajando, falta de presença, estar desligado..

Se olhos estão olhando mas não vendo, a cabeça começa a ficar pesada, e em sequência os ombros ficam pesados para sustentar a cabeça (5 a 7 kilos, lembra?)

O jeito mais simples de lidar com a tensão excessiva nos ombros é se acordar! Lembrando de não fechar o campo de atenção só para o seu instrumento, partitura, relação com a música… Mas incluir e conectar com o ambiente a sua volta. Você sempre pode se perguntar:

Estou vendo ou apenas olhando?

Os “Dois Canais de Apoio” são simples. É sobre relembrar que você faz parte do ambiente externo AO MESMO TEMPO que está estudando o seu instrumento, lendo este blog, preso no transito… GRAVIDADE DESPERTA!

campo de atenção fechado

Campo de atenção FECHADO: esforço excessivo nos ombros

campo de atenção aberto

Focado, mas com o campo de atenção ABERTO: ombros naturalmente apoiados.

By |2017-10-17T14:01:41+00:0014 de novembro de 2013|

Leave A Comment

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.