Nós vs. Playmobil: o equilíbrio é o que está em jogo!

Você está aqui: Home » Nós vs. Playmobil: o equilíbrio é o que está em jogo!

Nós vs. Playmobil: o equilíbrio é o que está em jogo!

equilibrio – performance musical

Como a Técnica Alexander me ensinou que o “simples” ato de sentar ou de manter o equilíbrio tem mais a ver com o apoio que acontece de cima para baixo do que com o apoio que vem de baixo para cima.

Existe uma diferença básica entre o ser humano e o Playmobil: se ambos estão em pé, há alguma semelhança de constituição corporal (cabeça, tronco e membros), mas se ambos dormirem em pé, o boneco (obviamente) vai continuar em pé. Ao contrário do humano, que não consegue dormir e, ao mesmo tempo, manter o equilíbrio em cima dos seus dois pés.

E eis aqui a primeira lição óbvia e necessária sobre equilíbrio:

Quando dormimos, não conseguimos nos manter equilibrados.  

Investigando mais a fundo essa constatação óbvia, percebo que o problema de se equilibrar enquanto dormimos está diretamente relacionado com o peso de nossa “cabeça adormecida”. Em outras palavras, o “cérebro desatento” (ou atento demais!) não consegue um equilíbrio apropriado no topo da coluna. É possível verificar isso a qualquer momento, apenas observando os dorminhocos nos metrôs e ônibus pela cidade.

E o que eu entendo dessa informação é:

Existe uma conexão vital entre o EQUILÍBRIO e o fato de estar ACORDADO.

Agora, vamos mudar a cena completamente e sair do ônibus diretamente para nossa rotina. Certamente, a grande maioria das pessoas jovens e adultas já passou pela experiência de estar desconfortável depois de muitas horas sentada em frente ao computador, tocando um instrumento, escrevendo etc. – e só não digo que é a totalidade das pessoas porque as crianças “sabem” muito mais de postura do que nós, adultos.

Por meio do meu próprio treinamento acompanhei de perto essa situação mudar drasticamente em mim. Depois que iniciei meus estudos da Técnica Alexander, sentar se tornou uma atividade que me permite descansar, respirar e, o mais importante, praticar o ESTAR PRESENTE. Claro que essa percepção não aconteceu de um dia para o outro, mas principalmente com o desafio de dividir a minha atenção entre a música e a percepção de mim mesma.

Foi então que eu descobri a informação mais relevante sobre conseguir se manter equilibrado e confortável:

Nós não somos Playmobil e precisamos de todo o corpo, principalmente da cabeça, para renovar nosso equilíbrio!

Quando sentamos, desesperadamente tentamos ficar confortáveis. Essa “parte desesperada” está relacionada com pensar que o suporte só acontece de baixo para cima, do apoio da cadeira até a cabeça, mas…

Existe uma conexão vital entre o EQUILÍBRIO e o fato de estar ACORDADO.

Assim, o suporte não está apenas relacionado com a gravidade, mas está fortemente ligado com a PRESENÇA.

Abra seus olhos, olhe o espaço à sua volta (a respiração melhora imediatamente, não é?) e apenas considere que a gravidade não é a força dominante que nos mantém eretos e, sim, o fato de sermos acordados, despertos e conscientes – um suporte que vai de cima para baixo.

Dicas:

* Ísquios e a gravidade: suporte de baixo para cima. Sentar confortavelmente e não estar presente.

* Presença: suporte de cima para baixo. Olhos despertos e suaves. Olhos que lideram a cabeça, cabeça que lidera o corpo para qualquer movimento ou em qualquer posição.

Te desejo a melhor performance!

Abraços e até a próxima postagem 🙂

playmobil

2017-10-16T19:54:40+00:00

Leave A Comment